1980: interagindo com etiquetas auto adesivas

Impressas em serigrafia, as pranchas são produzidas no próprio atelier, passando por processo criativo gráfico completo. A idéia visa rigorosa combinação de conceitos entre a imagem – trabalhada com texturas e valores gráficos relevantes –, e palavras chave ou frases de efeito: “ARTE É MELHOR; ARTE VIVA; ARTE E AMOR; ANTES ARTE DO QUE TARDE (Bene Fonteles); NO FUTURO SEREMOS IRMÃOS”. Em todos, a finalização se dá com a palavra chave mestre ”TE FLAGRA, MULA”, ressaltada em sua provocação essencial com referência a habitual teimosia existente na maioria de nós.

A prática visa fixar as etiquetas diretamente no corpo físico de pessoas ou de objetos. A estratégia funciona ora dando um sinal de alerta ora fazendo uma crítica ou mesmo cobrando uma atitude ou comportamento. Não dispensa contudo a provocação quase sempre irreverente. É nisso que reside a pegada e motiva a ação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s